quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Ministério lança site com informações sobre nova prevenção contra HIV/aids

Publicado: Quarta, 17 de Janeiro de 2018, 17h10

Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) está disponível nas unidades de saúde do país e é mais uma importante alternativa para população-chave   


O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde colocou à disposição do público, em seu site, uma página dedicada exclusivamente à Profilaxia Pré-Exposição ao Risco à Infecção pelo HIV (PrEP). Na página, o usuário poderá saber tudo sobre essa importante alternativa de prevenção ao HIV.
Na página, nove ícones – “O que é”, “Onde encontrar”, “Perguntas e respostas”, “Protocolo clínico”, “Notícias”, “Biblioteca”, “Materiais informativos, “Capacitação” e “Contato” – encaminham o usuário às respectivas fontes de informação.
No ícone “Onde encontrar”, por exemplo, o usuário poderá encontrar informações detalhadas sobre os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) que oferecem a PrEP. São enumerados também outros serviços de saúde e organizações da sociedade civil que realizam ações de assistência, prevenção, diagnóstico e tratamento a pessoas vivendo com HIV/aids.
O objetivo da PrEP é prevenir a infecção pelo HIV por meio da administração diária de uma pílula que contém dois medicamentos: tenofovir + entricitabina. Esses medicamentos bloqueiam alguns caminhos que o HIV usa para infectar o organismo. Assim, se tomado diariamente, a PrEP diminui a possibilidade de o HIV se estabelecer e se espalhar pelo corpo.
ALTERNATIVA – Lançada no Brasil em 2017, a Profilaxia Pré-Exposição é mais uma bem-vinda opção no leque de alternativas oferecidas pela Prevenção Combinada ao HIV.
A PrEP não é para todos, porém. Ela é indicada prioritariamente para pessoas trans, gays e outros homens que fazem sexo com homens, trabalhadores/as do sexo e casais sorodiferentes. Não basta, entretanto, fazer parte de um desses grupos. Os médicos prescrevem a profilaxia somente para aquelas pessoas com maior chance de entrar em contato com o HIV por não usarem preservativos nas relações sexuais e estarem mais expostas ao risco de infecção.
Por essa razão, a consulta aos profissionais de saúde é fundamental para determinação ou não do uso da profilaxia de acordo com o estilo de vida e a maior ou menor vulnerabilidade da pessoa ao risco de infecção. Ao mesmo tempo, há de se considerar que a o uso da medicação não previne contra outras doenças sexualmente transmissíveis como sífilis e gonorreia, e nem contra a gravidez. Por isso, o uso da camisinha precisa ser considerado.
Para fazer uso da PrEP, o primeiro passo é conversar com um profissional de saúde.

Clique aqui e saiba mais
http://www.aids.gov.br/pt-br/profissionais-de-saude/prevencao-hiv/profilaxia-pre-exposicao-prep

Texto: Assessoria de Comunicação/Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Fonte: https://integrams.saude.gov.br/internal/#/news/6344

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Fique ligado! Biblioteca adota prazos especiais de empréstimo durante as férias

Informamos aos nossos usuários que do dia 13/12/2017 até o dia 03/03/2018 o prazo de empréstimo passa a ser de 20 dias. Serão permitidas até 3 renovações e, durante esse período, o serviço de reservas estará indisponível.

Qualquer dúvida, entre em contato com a Biblioteca pelo telefone (51) 3303-8735 ou pelo e-mail biblio@ufcspa.edu.br.

Desejamos a todos boas férias!

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Sociedade Americana de Nutrição disponibiliza acesso a quatro títulos da área

Alimentação é assunto sério. Para auxiliar grande parte da população que não sabe como seguir bons hábitos – apesar do interesse e da boa intenção muitas vezes estarem presentes – existe um profissional que se qualifica nessa seara: o nutricionista. O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) disponibiliza no seu acervo várias opções de pesquisa para especialistas da área, incluindo* os periódicos da American Society for Nutrition (ASN). 

O Brasil apresenta crescente preocupação com os problemas de nutrição que assolam o país e o mundo. Tanto que foi, segundo informações do Ministério da Saúde, a primeira nação a se comprometer formalmente com metas específicas para a Década de Ação em Nutrição da Organização das Nações Unidas (ONU). O envolvimento foi consolidado em maio deste ano, durante a Assembleia Mundial da Saúde, realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

As metas estabelecidas têm relação com o aumento de peso e os hábitos alimentares dos brasileiros. São elas: deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, reduzir o consumo regular de refrigerantes e sucos artificiais em, pelo menos, 30% da população adulta, e ampliar o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente em, no mínimo, 17%.

Entre nutricionistas e técnicos de nutrição registrados pelo Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), hoje o Brasil tem mais de 140 mil profissionais. O acesso à informação técnica e científica é de fundamental relevância para fomentar os estudos da área e contribuir para a redução dos hábitos nocivos da população. A ASN edita quatro periódicos especializados no segmento: o American Journal of Clinical Nutrition, o Journal of Nutrition, o Advances in Nutrition e o Current Developments in Nutrition. 

O acesso ao conteúdo pode ser feito a partir da opção Buscar base ou por cada título, no link Buscar periódico. Os títulos também podem ser localizados na plataforma Highwire Press.

The American Journal of Clinical Nutrition (Imagem: AJCN)
The American Journal of Clinical Nutrition (AJCN)

O título publica pesquisas recentes sobre temas em nutrição, como obesidade, vitaminas e minerais, doenças relacionadas a problemas de nutrição e metabolismo energético. O AJCN foi o único periódico de nutrição a ser selecionado pela Associação de Bibliotecas Especiais (Special Libraries Association – SLA) como uma das 100 revistas científicas mais influentes em Biologia e Medicina dos últimos 100 anos. O conteúdo disponível no Portal varia de 1952 até o ano corrente.

The Journal of Nutrition (Imagem: JN)
The Journal of Nutrition (JN)

O JN se dedica a publicar de maneira rápida estudos originais sobre todos os aspectos da nutrição humana e animal. Altamente citado e recomendado, segundo informações da ASN, os artigos do JN são frequentemente consultados por pesquisadores, líderes governamentais e profissionais de saúde que exigem os dados mais recentes para tomar decisões clínicas e políticas relacionadas à saúde. Disponível no Portal de Periódicos a partir de 1928 até o presente.

Advances in Nutrition: An International Review Journal (Imagem: AN)
Advances in Nutrition: An International Review Journal (AN)
A revista científica AN publica artigos de revisão que destacam o significado da pesquisa recente em nutrição e ilustram o papel central da nutrição para promoção da saúde e prevenção de doenças. Com conteúdo inovador, o título acompanha o crescimento da demanda pelo conhecimento nutricional mais recente e já se tornou um recurso confiável entre publicações acadêmicas do segmento. O conteúdo está disponível a partir de 2010 até a edição corrente.


Current Developments in Nutrition (Imagem: CDN)
Current Developments in Nutrition (CDN)
A ASN expandiu seu programa de publicações em 2017 com o lançamento do CDN – periódico que engloba todas as ciências da nutrição em formato open access. O título publica desde estudos profundos e mecanicistas em níveis moleculares, bioquímicos e celulares até pesquisas sobre metabolismo e saúde clínica. Artigos de áreas de pesquisas emergentes, como políticas de alimentação e nutrição, sistemas agrícolas e alimentares, educação nutricional, avaliação dietética e alimentação animal, também compõem o escopo do CDN.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Ferramenta Mendeley foi foco de atividade no último dia 10 de novembro




A Biblioteca Paulo Lacerda de Azevedo promoveu, no último dia 10/11, a capacitação "Gerenciando Referências com o Mendeley". Na ocasião foram demonstradas as funcionalidades da ferramenta para alunos de graduação, pós-graduação e professores da Universidade.
A  atividade faz parte do projeto "Programa de Capacitação em Pesquisa, Organização e Uso da Informação Científica em Saúde" que está sendo preparado em módulos para ser implantado como serviço permanente da Biblioteca no próximo ano. 

Fique atento às nossas futuras divulgações!



segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Programa de Capacitação: Gerenciando Referências com o Mendeley


Bancos de armazenamento de cordão umbilical têm 23.850 unidades preservadas

Rico em células-tronco, cordão umbilical pode ser armazenado e doado a pacientes que necessitam de transplante de medula óssea

Você sabia que mais de 80 doenças podem ser tratadas por meio do transplante de células-tronco presentes no cordão umbilical de recém-nascidos?
Isso porque o sangue de sua estrutura, rico em células-tronco hematopoéticas, pode ser coletado após o nascimento do bebê e armazenado para ser doado a pacientes que necessitam de transplante de medula óssea. O procedimento acontece de forma indolor e segura.
Segundo a pediatra e neonatologista Marily Soriano, do Hospital Santa Luzia, em Brasília, "o transplante de medula óssea é indicado como tratamento de diversas doenças, como leucemias, linfomas, anemias graves, anemias congênitas, hemoglobinopatias, imunodeficiências congênitas e mieloma múltiplo".
De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), até setembro de 2017, foram preservados 23.850 unidades de cordão umbilical nos bancos públicos do País e 186 unidades utilizadas em transplantes.
Os bancos de sangue de cordão umbilical são os responsáveis pela obtenção, realização de exames, processamento, armazenamento e fornecimento de células-tronco hematopoéticas de sangue de cordão umbilical. O uso terapêutico desse material segue critérios da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Segundo a Anvisa, existem 13 bancos públicos e 19 bancos privados em atividade no País. Entre 2013 e 2016, observou-se a tendência de diminuição no número de unidades coletadas e armazenadas pelos bancos. A queda nas coletas foi de 48% para o setor privado e em torno de 30% para o setor público.
Como aderir
O Inca informa que os bancos da rede pública, unidos na chamada “Rede BrasilCord”, atuam em maternidades previamente selecionadas, nas quais, por meio de protocolo uniformizado, as gestantes são abordadas nos ambulatórios de pré-natal e no pré-parto.
A elas são aplicados formulários que apresentam informações pessoais, da gestação do parto e do recém-nascido e um termo de consentimento informado.
Essas gestantes são orientadas sobre a importância da doação do sangue do cordão umbilical por profissionais treinados pelos bancos. Também recebem informações sobre a segurança da doação para elas e para o bebê e são checados os exames realizados no pré-natal, a evolução da gestação e os fatores de risco.

Os centros de saúde que realizam o procedimento e compõem a Rede Brasil Cord são: o Inca, no Rio de Janeiro; os Hospitais Albert Eisntein e Sírio Libanês, em São Paulo; além dos hemocentros de Campinas, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Belém, Fortaleza, Recife, Brasília, Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis.
Fonte: Governo do Brasil, com informações da Anvisa e Inca.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Profissionais de genética encontram conteúdo especializado no Portal de Periódicos

A genética é uma categoria das Ciências Biológicas com vasto campo de atuação. O especialista da área pode tratar de segmentos ligados aos reinos animal, vegetal e humano, com abordagem de tópicos como genética do desenvolvimento, de microrganismos, molecular, de populações, evolucional, engenharia genética, aconselhamento genético, entre outros. O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) disponibiliza um rol de conteúdos com a temática, incluindo a base de dados da Genetics Society of America (GSA). 

De acordo com um levantamento realizado pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), o Brasil apresentou nos últimos anos um déficit na quantidade de geneticistas, registrando em média um profissional por 1,25 milhão de brasileiros. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que haja um geneticista para cada 100 mil habitantes. A Sociedade Brasileira de Genética Médica (SBGM) confirma a tendência: segundo a entidade, essa é a especialidade com menos médicos com título dentre 53 especialidades avaliadas.

O fomento a pesquisas da área tem se mostrado imprescindível. Com os avanços da tecnologia, é possível, por exemplo, mapear os genes humanos e detectar doenças muito antes que elas se manifestem – entre outras intercorrências que podem ser evitadas ou controladas. A plataforma da GSA contribui com essa necessidade, por meio da revista científica Genetics. O periódico publica pesquisas originais de alta qualidade, que apresentam novos achados sobre genética e genômica, além de estudos empíricos de organismos que vão desde micróbios a humanos, bem como trabalhos teóricos.
Capa da edição de outubro (Imagem: GSA)
Genetics é uma publicação revisada e editada por pares, com alcance internacional e crescente visibilidade e impacto. Os usuários encontram no título vários tipos de conteúdo, como comentários, questões atuais de interesse para os geneticistas, perspectivas históricas e material para introduzir a literatura primária em sala de aula, além de coleções temáticas, com perspectivas de seleção genômica, populações multiparentais, genética do sexo e outras.

A edição de outubro já está disponível* para a comunidade acadêmica e científica que acessa o Portal de Periódicos – os usuários encontram em texto completo todos os volumes com período de cobertura a partir de 1916. O acesso à revista científica pode ser feito a partir da opção Buscar base, via plataforma Highwire Press ou diretamente na caixa de pesquisa Buscar periódico.

*Verifique o conteúdo do Portal de Periódicos disponível para sua instituição.
Alice Oliveira dos Santos

Fonte:  Portal CAPES

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Biblioteca estará fechada sábado


A Biblioteca estará fechada no próximo dia 28 de outubro (sábado) em virtude do ponto facultativo alusivo ao dia do Servidor Público.
Programe com antecedência seus empréstimos e renovações!