quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Medicina Aeroespacial


           Especialidade médica (ainda não regulamentada no Brasil) teve seu início quando, em 1783, apareceram os primeiros balões tripulados, chamando a atenção da comunidade médica sobre as influências que as mudanças em altitude tinham sobre o organismo humano.
                   O trabalho da Medicina Aeroespacial envolve os cuidados de toda pessoa que sai do seu meio (a terra) para um meio diferente (o ar) com auxílio de uma máquina (uma aeronave). Sendo assim, trata dos aspectos médicos do vôo em tripulantes, passageiros, capacidade física, treinamentos, além de pesquisas de roupas especiais e comportamentos humanos nestes ambientes.
                    São poucos os cursos de especialização existentes, mas o mercado de trabalho está em crescimento devido ao aumento do número de aeroportos e expansão da aviação.


Leia mais:   As conquistas da medicina aeroespacial


Deixe seu comentário:

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Grey's Anatomy - 7ª Temporada

            Para os fãs da série Grey`s Anatomy uma boa notícia.
            A 7ª Temporada da série que estreou nos Estados Unidos dia 24 terá sua estréia no Brasil na próxima segunda-feira, dia 4/10 no canal SONY.


Deixe seu comentário:

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

MUDANÇAS NO TRÂNSITO DA REGIÃO





            Devido a reforma do túnel da Conceição, haverá mudanças no trânsito da Região Central de Porto Alegre a partir do dia 25/09, com bloqueio do túnel a partir do dia 9/10. Fique atento e confira as mudanças:



Figura 1 - Novas rotas
Fonte: http://www.novotunel.com.br/default.php?reg=6&p_secao=17

            Para maiores informações, acesse o site:
http://www.novotunel.com.br/, siga o twitter.com/Novo_Tunel ou ligue para a EPTC 118.

Deixe seu comentário:

GAÚCHOS CANSADOS E ACIMA DO PESO


            A pesquisa “Os Gaúchos e o Coração”, realizada com 1,5 mil gaúchos acima de 16 anos no período de 27 a 31 de julho em 25 municípios, revelou que o sobrepeso, o estresse e o tabagismo são as principais causas de doenças cardiovasculares no Rio Grande do Sul. Foram entrevistadas pessoas de ambos os sexos, como mostra o Gráfico 1.


Gráfico 1 - Sexo dos entrevistados
Fonte: Gráfico elaborado para o Blog.

            Os dados foram apresentados no dia 22 de setembro pelo presidente da Sociedade de Cardiologia do RS (Socergs), Gilberto Lahorgue Nunes, e pela diretora do Instituto Methodus, Magrid Sauer.
            Os dados dos Gráficos 2 e 3 sobre o peso e os hábitos dos gaúchos preocupa a Sociedade de Cardiologia pois, como observou Lahorgue, “Esse é um grande fator de risco, que aparece de modo mais pronunciado nas pessoas acima de 45 anos, faixa etária em que 60% apresentaram excesso de peso.”



Gráfico 2 - Peso dos entrevistados
Fonte: Gráfico elaborado para o Blog.



Gráfico 3 - Hábitos dos gaúchos
Fonte: Gráfico elaborado para o Blog.



            E, segundo Lahorgue, a pesquisa é uma radiografia do perfil da população e tem por objetivo traçar estratégias de esclarecimento sobre a importância dos cuidados para a saúde e as medidas de prevenção, sem deixar de considerar características relevantes como as do gráfico 4.


Gráfico 4 - Outras características
Fonte: Gráfico elaborado para o Blog.

            Lahorgue informou ainda que a maior proporção de fumantes foi observada entre o público com menor escolaridade, em que mais de 50% tem até ensino médio (Gráfico 5), e menor renda. “Noventa por cento das pessoas adquirem o hábito de fumar até os 20 anos, ainda quando estão na escola.” As principais doenças cardiovasculares desencadeadas são infarto agudo, angina (dor no peito), hipertensão (pressão alta) e acidente vascular cerebral (AVC).


Gráfico 5 - Escolaridade dos entrevistados
Fonte: Gráfico elaborado para o Blog.

            Magrid declarou ser “um estudo inédito, pois olhamos para o Rio Grande do Sul de forma abrangente”.
Aproveitando a divulgação da pesquisa, a Socergs lançou a campanha “Quem ama a vida cuida bem do coração” e até o próximo domingo (26/09/10) promove a Semana do Coração.

Adaptação de:
GAÚCHOS cansados e acima do peso. Correio do Povo, Porto Alegre, 23 set. 2010. p. 10.

 Deixe seu comentário:

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Álcool gel é pouco eficaz, diz estudo


Lavar as mãos com álcool gel, uma medida preventiva muito popular durante a pandemia de gripe A em 2009, não aumenta a proteção contra o vírus H1N1.
É o que afirma estudo divulgado em 12/09 em conferência médica nos estados Unidos.


- Um desinfetante de mãos à base de álcool não reduz de forma significativa a frequência das infecções por rinovírus (responsáveis pelo resfriado, entre outros) ou o vírus da gripe - afirmam os autores do trabalho, desenvolvido pela Universidade de Virgínia financiada pela Dial Corporation, uma empresa de produtos de higiene e cuidados do lar.
O estudo foi apresentado em Boston, na conferência intercientífica sobre agentes antimicrobianos e quimioterapia, que reúne em torno de 12 mil especialistas em doenças infecciosas.
- Os resultados do estudo sugerem que a transmissão pelas mãos é talvez menos importante para a propagação do rinovírus do que se acredita - afirmam os autores.
Os cientistas concluíram que 12 de cada cem participantes do grupo que lavou regularmente as mãos com álcool gel foram contaminados com o H1N1, enquanto que no grupo que não usou desinfetante, 15 em cem contraíram a doença.


Fonte: Zero Hora, 13 de setembro de 2010. p. 37


Deixe seu comentário:

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Hospital Schlatter

Família Schlatter é tema de livro


A trajetória dos médicos Gabriel, Doris José e Theo Tássio Schlatter é o tema do livro Hospital Schlatter, do jornalista Renato Mendonça, que será lançado hoje, no Sarau Lírico do Museu de História da Medicina do RS (Independência, 270). Em 2002, Renato lançou a obra "O homem que enganou o tempo", que descreve a vida de Gabriel Schlatter, fundador do Hospital Schlatter.

A nova publicação reúne as biografias de três gerações da família que se envolveram ativamente com a Medicina gaúcha, especialmente na região do Vale do Rio Caí. Foi ali, na cidade de Feliz, que Gabriel fundou o hospital e uma pioneira Escola de Parteira. Ilustrado com mais de 130 fotografias, o livro contextualiza as vidas dos Sclatter junto às comunidades em que viveram e que transformaram. O evento - que tem entrada franca e começa às 18h30min - conta com um espetáculo de música erudita do barítono Jair Ferreira e do pianista Leandro Faber.

Depois do lançamento, o livro poderá ser adquirido na Livraria Cultura do Shoppingo Bourbon Country (ou pelo site http://www.livrariacultura.com.br/).



Fonte: Zero Hora, 1º de setembro, p. 62 e 2 de setembro, Segundo Caderno, p. 3.


Deixe seu comentário: